Divulgação ações do Projeto Rede de Turismo Ambiental nas Comunidades Tradicionais - Aldeia Boa Vista/Quilombo da Fazenda

Divulgação ações do Projeto Rede de Turismo Ambiental nas Comunidades Tradicionais - Aldeia Boa Vista/Quilombo da Fazenda

Após o término de quatro trimestres de ações nas comunidades Aldeia Boa Vista e Quilombolas da fazenda, o Projeto Rede de Turismo Ambiental nas Comunidades Tradicionais inicia a etapa de divulgação dos materiais de comunicação produzidos em conjunto com estas comunidades.

O bom andamento das oficinas ao longo de 2015 nas comunidades possibilitou o desenvolvimento desses materiais, num longo processo em conjunto com os participantes, onde todos tiveram a oportunidade e a paciência de aprender os conceitos e as práticas que envolvem cada ação, de um modo artesanal de aprendizado mútuo, com respeito aos tempos internos de cada comunidade em cada roda de conversa dessas oficinas.

Foram desenvolvidos os materiais de divulgação do turismo praticado por cada comunidade, onde todos os participantes foram, cada qual ao seu modo, diretores de arte e executores de cada produto, em conjunto com a equipe do projeto. Os produtos de comunicação consistem em um vídeo de divulgação do turismo de cada comunidade, assim como panfletos e cartazes exclusivos, onde cada comunidade pode contar com xx mil tiragens no total. A divulgação e distribuição destes materiais contam com a parceria da Prefeitura Municipal de Ubatuba por meio das secretarias de Turismo, Cultura (FUNDART) e Meio Ambiente, além de parcerias privadas da cidade como pousadas, restaurantes, quiosques, agências de turismo, etc.

O projeto Rede de Turismo Ambiental nas Comunidades Tradicionais, realizado pela Associação Cultural Comunitária Gaivota (ACCG), nesta etapa de divulgação dos produtos de comunicação das comunidades contempladas, utilizará a radio comunitária pertencente a própria ACCG para entrevistas com os protagonistas das comunidades em conjunto com os parceiros do projeto, os responsáveis pelas secretarias, além de divulgar por meio de notas, as ações do projeto direcionadas à fomentação do turismo nas comunidades tradicionais em questão. Vale lembrar que estas ações de divulgação também serão replicadas nas mídias sociais, sites (do projeto, dos parceiros e das comunidades) e blogs.