Oficina de comunicação e turismo ambiental

No início da segunda quinzena de abril, ocorreu na Comunidade Quilombo da Fazenda, localizada no bairro da Picinguaba em Ubatuba, a oficina de Comunicação e Turismo ambiental, por Thalita Maiani, Jorge Miguez Cavalcante e Felipe Fonseca. A oficina faz parte do projeto Rede de Turismo Ambiental nas Comunidades Tradicionais. Realizamos uma roda de conversa na Casa de Farinha da comunidade, com a presença das lideranças quilombolas e dos inscritos no projeto, com o objetivo de identificar os saberes tradicionais da comunidade sobre a cultura quilombola de preservação do bioma local, visando também as ações já empregadas no turismo ambiental de base comunitária local, alem de abordagens sobre as possibilidades do uso da comunicação nessas práticas, visando organizar a estrutura de turismo a ser comunicada no projeto. Esta oficina foi fundamental no desenvolvimento e na elaboração dos conteúdos que vem sendo organizados pela comunidade que serão divulgados na construção das ações do projeto. O refinamento desta percepção conjunta vem da necessidade de foco em ações sustentáveis no turismo ambiental da comunidade. Dentre as demandas da oficina, uma ação teve destaque: o grupo, com a participação de todos os presentes da oficina, apresentou oralmente o que consideram como pontos estratégicos da gestão de comunicação (assunto abordado em oficinas anteriores). Em resumo, são estas as principais atividades colocadas pelo grupo como prioridades de comunicação: · Contadores de história · Artesanato quilombola · Festa anual · Mapa de acesso · Restaurante quilombola · Contatos atualizados A próxima oficina agendada vai ser dividida em duas partes; a primeira será uma continuidade desta oficina sobre o Uso da Comunicação aplicada, e a segunda, uma introdução à cartografia e mapas digitais. Conversamos com o pessoal sobre os objetivos das próximas oficinas e todos demonstraram entusiasmo com as próximas etapas do projeto.

Comunidade: 
Quilombo da Fazenda